Blog

8 de julho de 2013

Alunos de inglês corrigem celebridades pelo Twitter como exercício

Um grupo de crianças brasileiras entre 7 e 13 anos, que estudam inglês, resolveram usar as redes sociais não somente para conversar com seus ídolos, mas também para corrigir os erros gramáticas que eles cometem. Pois é, através do Twitter eles explicam para o ator de Harry Potter, Daniel Radcliffe, que o correto é “amazing” (incrível) e não “amaizing”. Dizem também para Lady Gaga que ela é ótima, mas “crowd” (multidão) não tem nenhuma letra “e” no meio dela. Esse exercício praticado pelos alunos, nasceu de uma iniciativa da escola de idiomas Red Balloon que queria integrar redes sociais e educação. “Queríamos mostrar que as redes sociais podem ser um ambiente de aprendizado, quando o uso é  feito com cautela e supervisão”, diz Rodrigo Facchinetti, gerente de marketing da instituição. E  a ideia de usar os ídolos veio na sequência. “Os famosos não se preocupam muito com a linguagem na hora de escrever mensagens rápidas em suas contas do Twitter”, explica. O número é cada vez maior de jovens seguindo artistas estrangeiros nas redes e esses erros podem ser uma má influência, já que eles nem sempre falam bem inglês e aquela frase vai parecer correta. “Conseguimos virar esse jogo e transformar nossos alunos em um bom exemplo para seus ídolos, de uma maneira divertida e descontraída”, diz. Assim a tietagem das celebridades passou a incluir também um exercício de gramática, para por exemplo, Rafael, que enviou uma mensagem ao ator Charlie Sheen, da famosa série Two and a Half Men, dizendo que a grafia correta para cérebro é “brain” e não “brane”, como ele havia publicado. Já Ana Beatriz, de 8 anos, disse para a modelo Kim Kardashian que ela é linda mas que escreveu “were” e o correto é “we’re”. Marcus, de 11 anos, pergunta se pode ajudar Paris Hilton e explica que devia ter escrito “it’s love it” e não “loves it” e aproveita para mandar um beijo. E a turma toda se reuniu para dizer para Rihanna que amam suas músicas e que não é “it’s to she”, é “it’s to her. Bye Bye”. Isso mostra o quanto o uso das tecnologias, principalmente ligadas às redes sociais, podem ser importantes para o aprendizado dos jovens e, ao mesmo tempo, pode ser um exercício divertido para eles! Confira as imagens das crianças enviando as mensagens para as celebridades: Fonte: porvir.org