Blog

14 de Março de 2012

Tecnologia ajuda crianças a aprender e também a ensinar

As tecnologias dentro da sala de aula oferecem muito mais vantagens do que apenas facilitar o compartilhamento e armazenamento de conteúdo. Elas também estimulam os alunos a aprenderem e a ensinarem. A afirmação é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), apresentada por Sugata Mitra durante a Campus Party, evento realizado em fevereiro passado em São Paulo. Mitra realizou um um projeto em uma escola pública de Nova Délhi em que analisou o comportamento dos alunos diante de um computador com acesso liberado dentro da escola. Durante a análise, o pesquisador constatou que, diante do computador, as crianças desenvolviam a autonomia na busca por mais conhecimento e também auxiliavam seus colegas a usarem as ferramentas de pesquisa as quais tinham acesso. Medindo o quão proveitosa é a aprendizagem das crianças, o estudo apontou que o aproveitamento passou de 30% para 50% com a utilização de tecnologia na sala de aula. Mitra conseguiu resultados semelhantes em escolas do Chile, Uruguai, Inglaterra e Estados Unidos. “Se funciona em Nova Délhi, onde as crianças crescem em meio a muitas precariedades, funciona em qualquer lugar”, disse ele no evento. A tecnologia não precisa necessariamente ser usada apenas dentro da sala de aula. A escola pode também organizar atividades fora do horário escolar, desenvolvendo tarefas a serem realizadas à distância, como complemento do estudo presencial, o que também estimula as crianças a buscar mais conhecimento. É isso o que as soluções da Blackboard para o ensino proporciona: ferramentas que melhorem o engajamento, o interesse e que estimulem os alunos a aprenderem de forma mais colaborativa. Saiba o que a Blackboard tem a oferecer para o Ensino Fundamental e Médio.